The King of Fighter’s 98… E lá se vão 15 anos

The King of Fighters 98

The King of Fighters 98

Vou ser polêmico, simplesmente o melhor game de luta que já joguei!

KOF98

Olá pessoal, estou de volta. Faz um tempinho desde meu último artigo, né? Esta vida de labuta não nos deixa com tanto tempo disponível para o lazer, quem diga para escrever. Mas consegui encontrar um tempinho para lembrar-lhes desta obra-prima da porradaria: The King of Fighter’s 98: The Slugfest. Considerado por muitos, inclusive por este que vos fala, um dos melhores games de luta de todos os tempos. Exagero? Você ainda vai concordar comigo.

Este game é o título posterior à The King of Fighter’s 97, aonde a saga de Orochi é finalizada. Com o término desta história, a SNK resolveu fazer com que o título referente ao ano de 1998 (um título da série é lançada a cada ano desde 1994) fosse uma espécie de comemoração para a série, aonde antigos personagens retornam para batalhar sem preocupação alguma com enredo, inexistente nesse título. Os personagens que voltaram são Heidern, Takuma, Saisyu Kusanagi, Rugal que eram ‘bosses’ em títulos anteriores e também a volta do time completo dos Estados Unidos do longínquo KOF94: Heavy D!, Lucky e Brian.

Personagens de KOF98

Este foi o game responsável por eu começar à habitar fliperamas…

Como é? Você não sabe oque é um fliperama? Então você perdeu umas das coisas mais legais da era dourada dos videogames, que eram os “contras” entre os indivíduos que frequentavam este tipo de local.  “Contra”, é como chamávamos quando uma  pessoa interrompia a partida de quem já estava jogando para uma disputa aonde o vencedor continuaria essa partida.

Nessa época fliperamas eram como se fossem o ‘covil’ dos garotos de determinado bairro, com isso entendiasse que ao visitarmos este fliperama e entrar contra numa partida com algum deles era como fosse uma declaração formal de guerra. E que, às vezes, a guerra saia do game para a vida real. Hoje em dia com os jogos em network não corremos mais o risco de apanhar de outro garoto… Perdeu um pouco da graça até.

Lembro-me como se fosse ontem, eu jogando uma partida de KOF98 quando cara me desafiou ao entrar no jogo. O que se seguiu foi um massacre contra esse cara onde ‘tirei’ 13 fichas seguidas do sujeito. Eu na altura dos meus 13 anos destruindo o infeliz na frente de um monte de outros freqüentadores foi uma das poucas vezes que senti que ia ser morto por alguém. Ele bufava, sua veia no pescoço parecia que ia explodir tamanha sua fúria, e continuo acreditando que o mesmo só não me matou devido às muitas testemunhas presentes no local.

Ahhh, tipo de coisa só fliperama pode proporcionar.

Este game deu um salto na jogabilidade e no equilíbrio entre os personagens, coisa que no título anterior não era bem dosado. Sabendo jogar bem com determinado personagem o game vai lhe permitir uma luta satisfatória mesmo que o oponente escolhido seja muito forte. Porém no KOF97 se escolhessem o ‘Iori demoníaco‘ muito dificilmente você conseguiria vencê-lo, pois seus golpes e especiais causavam muito dano e com poucos golpes você era derrotado. Em KOF98 isto foi corrigido, partidas entre personagens secundários e principais são muito mais divertidas fazendo com que a rotatividade na escolha destes seja bem maior (você já deve ter visto aquele cara que só joga com o Iori. Isto é muito chato!)

Outra coisa importante eram os combos que necessitavam de criatividade e habilidade para serem executados. Quem não se lembra dos combos do Terry Bogard que era uma delicia fazer e ver a cara do seu amigo ficando fulo da vida, hehehe.

Considero este game como último da era dourada da série KOF, fechando de maneira excepcional este ciclo. O game é muito importante para mim, assim como Street Fighter Alpha 2 também é, e correndo o risco de ser apedrejado pelo que vou dizer agora: acho esses dois jogos são os únicos que atingiram a perfeição. Nessa época Street Fighter e The King of Fighter’s disputavam os corações dos gamer’s (concorde ou não, Mortal Kombat nessa época era uma merda) e senti muito quando a SNK mudou a jogabilidade a partir do KOF99. E ao jogar KOF2002, a impressão que tive foi de regressão, tamanha a similaridade com o famoso  “Street Fighter de rodoviária” por tanta coisa acontecer ao mesmo tempo na tela.

E oque você acha? Qual KOF você prefere?